"Humanos e não-humanos: para um debate acerca das relações entre afetados pelo crime-desastre..."

"Humanos e não-humanos: para um debate acerca das relações entre afetados pelo crime-desastre..."

Reproducir video

Giovana Martins Araújo

O subprojeto de pesquisa pretende colocar em debate as relações dos afetados pelo crime-desastre da Samarco com o rio Doce (focando na região da foz e imediações), para trazer à tona, a partir de análise de reportagens e documentos imagéticos, formas de relação com o mesmo e, assim, compreender se há, na profusão de imagens e reportagens sobre o ocorrido, disputas em torno das discussões de toxicidade do rio através da “lama” ou não. Desta forma, contará com aporte teórico, científico e antropológico que trata das relações entre humanos e não-humanos para entender estas relações e, com isso, permitir a análise crítica que se pretende. Objetiva-se, então, observar em materiais escritos como relatam sobre e como passam a imagem de diferentes agentes afetados (humanos e não humanos, sobretudo a água).